O episódio dessa semana de Outlander deu as boas vindas para uma criança Fraser, mas não foi à Brianna. Na verdade, vimos o outro filho de Jamie, William, que apareceu em Fraser’s Ridge com lorde John Grey.

O episódio relativamente calmo mostrou grande avanço emocional para a Claire e o Jamie e Caitriona Balfe e Sam Heughan ficaram satisfeitos em ver seus personagens seguirem adiante neste episódio.

Para o Jamie, os sentimentos estão muito misturados,” Heughan diz ao The Hollywood Reporter sobre os momentos de seu personagem com o filho. “Ele sempre quis ser pai e Willie era muito querido por ele. Ele tinha grande influência sobre ele em Helwater, mas agora, Willie está na vida dele e ele nem pode dizer que é seu pai, é muito difícil para ele.

Ele para e acrescenta, “Felizmente, no final do episódio, Willie percebe quem é o pai dele ou poderia ser. É lindo. É legal para o Jamie poder finalmente interagir com o filho dele, mas também com John Grey. Ele é um aliado e um amigo importante.

Enquanto as interações de Claire com John sempre foram irritadiças, finalmente ter uma conversa aberta sobre o amor que eles compartilham por Jamie significa que os dois antigos animigos podem se tornar quase amigos.

Conforme a temporada avança, John Grey terá um papel maior, também,” Balfe diz ao THR. “Para a Claire, aquelas cenas em que John grey está doente e ela está cuidando dele, essas foram cenas muito lindas e emocionais. Foi de partir o coração ver esse homem viver com esse amor não correspondido e a dor que isso causou a ele. E quando ele conta a Claire sobre a oferta que o Jamie fez, não acho que haja alguma parte da Claire que se sinta ameaçada por isso.

Ele te contou isso?!” Heughan pergunta fingindo indignação.

Sim, sinto muito.” Balfe responde rindo. “Mas acho que mais do que qualquer coisa, isso também foi outra coisa de partir o coração para a Claire, pois ela entende que para o Jamie ter feito essa oferta, isso foi uma prova de o quanto ele ama Willie e como foi difícil deixá-lo.

Com o Jamie se recuperando do seu tempo com o filho que nunca pode criar e as considerações de Claire quanto aos sentimentos e revelações de John sobre o período dele com Jamie, não seria estranho imaginar que o casal encontraria problemas no futuro. Mas, na verdade, é a iminente reunião com Brianna que mais vai afetar Jamie e Claire como um casal.

Jamie e Claire sempre foram próximos, mas acho que quem realmente os testa é a Brianna,” diz Heughan. “Certamente é difícil para o Jamie se aproximar de Brianna e ele quer ser o pai dela, mas ele um pouco atrasado nisso. Ele não consegue superar o fato de que o Frank [Tobias Menzies] teve uma influência tão grande na vida dela. Ele quer, desesperadamente, se envolver na vida dela e ajudar a influenciá-la. Certamente, Claire e Jamie lutam para se entender quanto a tudo isso. Mas, para ele, é ótimo que a filha dele finalmente está lá.

No entanto, Sophie Skelton promete que o primeiro encontro de Bree e Jamie valerá a pena a espera. “Acho que será algo que te deixará muito emocionado, muito terno,” ela diz. “Ele acontece em um momento muito triste em termos do arco [da história] do que a Brianna passará e o público ainda sentirá isso através da Bree. Mas há muitas emoções acontecendo naquela cena. Espero fazer justiça aos leitores dos livros e a todo mundo. Acho que será um dramalhão.

Apesar da quarta temporada de Outlander até agora ter mostrado Claire e Jamie mais estabelecidos do que nunca, esses seis primeiros episódios também fizeram Claire sofrer. Mas após os eventos brutais do episódio da semana passada, no qual a amiga de Claire e também curandeira Adawehi foi assassinada por Herr Mueller, levando a tribo de Cherokees a matá-lo, como punição, o episódio da noite passada lhe ofereceu alguns momentos de descanso. Blood of My Blood mostra o retorno do filho de Jamie, William, um momento comovente entre Claire e o debilitado lorde John Grey e um final de suspirar, no qual Jamie dá a Claire um anel que será muito, muito conhecido para os fãs dos livros. Claro, o casal pode estar em perigo mortal, ao se aproximar da metade final da temporada, mas, pelo menos, o amor deles está mais forte do que nunca.

A seguir, Caitriona Balfe fala com a Elle.com sobre os eventos assustadores do episódio da semana passada, a conversa pesada de Claire com John e o significado daquele anel.

O episódio da semana passada tratou do conflito entre os colonos e os nativos americanos de um jeito muito brutal. O que você achou dessa história?
Rapidamente, a Claire e o Jamie formaram um bom vínculo com os vizinhos Cherokee. Acho que há um respeito mutuo ali, especialmente quando a Claire conhece Adawehi, que é uma curandeira e elas acabam formando esse laço muito legal. O que acontece com os Muellers é essa idea do medo que as pessoas trazem consigo, quando chegam a um lugar novo. Estando em uma fronteira, de alguma maneira, eles acham que são as primeiras pessoas ali, mas quando percebem que já há habitantes ali, isso se torna sobre esse medo do “outro”. Os Muellers definitivamente são culpados disso; a Claire meio que tenta ser uma mediadora e um tradutora, mas isso dá muito errado. É um momento tão triste e terrível, quando Herr Mueller traz o couro cabeludo de Adawehi e a primeira amiga que a Claire fez neste lugar é levada embora. É uma coisa horrível.

No episódio desta noite, lorde John Grey conta a Claire sobre a oferta de Jamie. A reação dela é um pouco ambígua, como você acha que ela recebe a notícia?
Acho que ela está sentindo tanta compaixão pela dor que ela pode ver que lorde John Grey sente. Não acho que a Claire, alguma vez, esteve insegura sobre os sentimentos de Jamie por ela ou dela pelo Jamie, então eu não queria interpretar isso como se os sentimentos dela estivessem ameaçados. Mas mesmo que ela não se sinta ameaçada, não é legal ouvir isso. Ela entende o quão difícil deve ter sido para o Jamie fazer essa oferta e o preço que ele estava disposto a pagar por amor ao filho dele.

Para mim, o coração dela estava partindo pela tristeza disso, toda a tristeza que o Jamie estaria disposto a passar pelo filho dele, mas também pela tristeza de que este homem [Grey] está obviamente tão apaixonado, mas tem carregado esse amor não correspondido com ele por anos, ela entende isso. Ela entende o que é amar este homem e não poder tê-lo. Acho que ela está em um lugar de compaixão e tristeza nessa situação muito horrível.

O que o Jamie dando à Claire o anel dos livros significa para você?
Isso conversa com o Jamie reafirmando que o amor deles é genuíno. A Claire teve esse incidente com John Grey e mesmo que ela saiba disso e acredite nisso no coração dela, o Jamie ter feito esse gesto romântico pelas costas dela, esse é um momento que reafirma quão forte a ligação deles é. É um momento realmente romântico, super bonito, e eu acho que os fãs têm querido esse anel há um bom tempo! É um momento para eles, também.

A Brianna passou pelas pedras no quinto episódio, sugerindo que ela e a Claire se reunirão em breve. Como você acha que a separação delas afetou a Claire?
No começo da temporada, há muito para Claire ficar feliz, de certo modo. Ela voltou, encontrou o Jamie, eles têm uma pequena família com eles, estão começando a construir a vida deles. Mas, claro, isso tem um preço enorme, pois a filha dela, sua carne e osso, foi deixada para trás e, basicamente, a Claire acredita que ela nunca mais a verá novamente. É a punica coisa que ainda causa muita dor a ela e acho que definitivamente queríamos explorar isso e manter isso original. Como provavelmente sabemos, elas podem ou não se ver novamente, mas a essa altura, Claire não sabe disso. É uma boa maneira de contrabalançar mais tarde na temporada.

O que podemos esperar da segunda metade da temporada?
Hmm… [risos] Bem, acho que alguns personagens farão algumas viagens. Acho que famílias se reunirão e acho que há outra busca a caminho.

E quanto a revelação de que o Jamie e a Claire, aparentemente, morrem em um incêndio em Fraser’s Ridge nos próximos 12 anos?
Eu sei que a Diana está prestes a lançar o décimo livro e eu ouvi que ainda estamos nele! Fomos renovados para mais duas temporadas e, até onde sei, o Sam e eu ainda estamos nela, então eu tenho que imaginar que, talvez, eles cheguem a uma idade madura antes que isso aconteça. Talvez.

Outlander é exibido aos domingos nos Estados Unidos, pela rede de TV Starz, e no Brasil, pelo canal Fox Premium 1.

A irlandesa recebeu, pela quarta vez, uma indicação ao Globo de Ouro por seu trabalho em Outlander e aguarda a estreia do filme Ford v. Ferrari

Por quatro temporadas, Caitriona Balfe deu vida à Claire Randall, personagem que ela define como “uma mulher muito à frente de seu tempo” e que, este ano, lhe rendeu outra indicação ao Globo de Ouro. A Hollywood Foreign Press Association realizará a cerimônia de premiação em 6 de janeiro de 2019, confirmando o seu compromisso em buscar histórias inclusivas e defender a diversidade.

Na era do #MeToo, para Caitriona Balfe, é de vital importância levar à telinha e à telona o retrato de mulheres independentes, que lutam contra a desigualdade e por seus direitos. Nesse sentido, ela aplaudiu a abertura da indústria do entretenimento para uma maior visão feminina nas tramas, dando-lhes posições estratégicas no desenvolvimento de conteúdo.

Algo maravilhoso está acontecendo com essa ‘explosão’ da televisão e do mercado das histórias que são contadas: finalmente eles se abriram para um alcance muito maior. É uma loucura que seja 2018 e que 50% da população, que são mulheres, finalmente tenha voz para contar a sua própria história,” disse Balfe em uma ligação telefônica com o M2.

No entanto, Caitriona Balfe é realista e disse que “ainda há um longo caminho a se percorrer para estender essa oportunidade de inclusão e diversidade para as mulheres de cor ou pessoas com diferente orientação sexual e transgêneros. Considero que durante muito tempo, as histórias que nos foram contadas são geralmente sobre o homem branco.

Mas o progresso até agora é notável, explicou a atriz: “É emocionante trabalhar em um momento em que cada vez mais e mais mulheres se tornaram roteiristas, diretoras e ocupam posições em que as decisões podem ser feitas, quanto mais tivermos isso mais diversas as histórias serão.

Acredito que isso simplesmente enriquece a todos nós como seres humanos. Ter a possibilidade de ver as coisas por outro ponto de vista nos ensina a ter compaixão e empatia, que são duas coisas muito importantes, especialmente no mundo de hoje. Me sinto sortuda por estar trabalhando nesta época,” acrescentou a irlandesa.

Outra perspectiva

Nessa busca por outra visão, Caitriona Balfe se  juntou ao elenco do longa Ford v. Ferrari no papel de Mollie Miles. Ela mostra como no passado as mulheres estavam amarradas aos desejos de seus parceiros, enquanto a trama mostra o confronto de dois fabricantes de automóveis para ganhar a Le Mans, em 1966. Ela compartilhará cenas com Christian Bale e Matt Damon.

Acabamos de acabar as gravações, ele estreará em junho; é emocionante, porque, de novo, conto a história de uma mulher dos anos 60, que é a esposa de um dos pilotos (Ken Miles, interpretado por Christian Bale) que estava na equipe da Ford, durante a corrida da Le Mans.

É uma história real de uma família e o preço que muitas mulheres têm que pagar para que os homens das suas vidas realizem os sonhos deles, enquanto elas não têm o direito de sonhar com algo para si mesmas. Foi interessante voltar no tempo e, por um momento, viver neste momento de repressão e ver como alguém deixa passar os seus sonhos para ajudar que outra pessoa realize os dele,” disse.

Esta é a quarta vez que Balfe é indicada como Melhor Atriz em uma Série de TV Dramática por Outlander.

Contexto

Caitriona Balfe, com o seu papel de Claire Randall, explorou “muitas questões de por que a mulher é tratada de uma maneira tão ruim até os dias de hoje e também conhecer s sua força para não trabalhar com os parâmetros impostos à elas.

Evolução

A atriz compartilhou que nesta temporada, o roteiro vai além do relacionamento de sua personagem com Jamie, mostrando “como um casamento tão forte funciona em suas bases,” e se eles vão “se tornar pais.

Mesmo que você não seja familiar com a série de livros de Diana Gabaldon que Outlander se baseia, após o último episódio exibido, sabemos que um encontro entre Jamie e Brianna acontecerá mais cedo ou mais tarde. E enquanto todos esperam que esse encontro aconteça tranquilamente, os atores da série contaram ao Bustle, na Comic Con de Nova York, que talvez esse não seja o caso.

Digamos que [o relacionamento deles] não corre bem,” Sam Heughan contou ao Bustle. Sophie Skelton concorda que o encontro deles não vai bem, mas explica que com mais profundidade o tumulto emocional pelo qual a Brianna passa. “No início, ela obviamente ainda está lidando com a morte de Frank, então descobrir sobre o Jamie… É um momento muito ruim,” diz Skelton. “Mas Brianna obviamente ficará curiosa sobre o pai biológico dela, então ela fica com essa culpa… Por dentro, ela quer empurrar o Jamie para longe e nunca ter nada a ver com ele, mas ao mesmo tempo ela quer que todas as perguntas que ela tem sobre ele sejam respondidas.

Além disso, há toda a jornada de Brianna até a Carolina do Norte. “[Quando] ela volta no tempo, há muito drama de um trauma que ela precisa superar,” Skelton diz. “Então, acho que conhecer o Jamie é muito bom para a Bree, mas ao mesmo tempo, ela passa por muita coisa.

Além disso, outra coisa que impactará o relacionamento de Jamie e Brianna é inexperiência dele com a paternidade, especialmente quando se trata de um adulto. “É muito difícil para o Jamie, pois ele quer muito ser um pai e ser um pai para a Brianna. Mas quando ela chega na vida dele, ela é uma adulta,” Caitriona Balfe explica. “por mais que ele queira ser um pai, as necessidades de um adulto são muito diferentes das de uma criança. É um equilíbrio muito difícil para ele poder alcançar. “

Apesar do que parece ser um tumultuado encontro entre Jamie e Brianna, o reencontro de mãe e filha certamente é algo pelo qual os fãs devem ficar ansiosos.

Na manhã de ontem (06) a Hollywood Foreign Press Association (HFPA) anunciou os indicados ao Globo de Ouro 2019. Mais uma vez, Caitriona Balfe foi uma das indicadas para a categoria Melhor Atriz de TV para Série de Drama. Este é o quarto ano consecutivo que a atriz é indicada pelo seu desempenho em Outlander.

A atriz concorre com Elisabeth Moss de O Conto de Aia (The Handmaids Tale), Sandra Oh de Killing Eve, Julia Roberts de Homecoming e Keri Russell de The Americans.

Esta foi a única indicação que Outlander recebeu no Globo de Ouro deste ano. Nos três anos anteriores, Caitriona Balfe perdeu o prêmio para Taraji P. Henson (Empire) em 2016, Claire Foy (The Crown) em 2017 e Elisabeth Moss (O Conto de Aia) em 2018.

Os indicados a Melhor Série de TV de Drama, categoria que Outlander concorreria, foram The Americans, Bodyguard, Homecoming, Killing Eve e Pose.

Ao saber de sua indicação, a felicidade tomou conta da atriz que foi às redes sociais agradecer por todo o apoio. “Uau, estou completamente chocada e em êxtase em saber que fui uma das indicadas ao Globo de Ouro desse ano. Um ENORME obrigada à HFPA pelo apoio contínuo e um ENORME parabéns à Julia, Elisabeth, Sandra e Keri, estou muito orgulhosa de estar na companhia de vocês. Mas, principalmente, obrigada aos meus incríveis colegas de trabalho e à equipe incrível de roteiristas, produtores e equipe de que fazem eu dar o melhor de mim.   ”

O elenco e a equipe de Outlander parabenizaram a atriz pela sua indicação com diversas mensagens fofas. As irmãs de Caitriona Balfe também a parabenizaram.

PARABÉNS, LINDA!!!!! Tão merecido e que categoria. Ou devo dizer, Caitagoria… ” – Sam Heughan
Obrigada, querido… Obrigada por ser o melhor parceiro de atuação que uma garota poderia querer.😘😘😘” – Caitriona Balfe

Absolutamente emocionada por você, Ciatriona Balfe. Que notícia ótima. Beijos.Maria Doyle Kenndy
Obrigada, querida!!!! Tem sido um prazer e tanto discutir com você esta temporada. 😘” – Caitriona Balfe

Essa é a minha tia Claire! No momento, estou na França, então, como eles dizem… #talentoincrível” – John Bell
“Obrigada, meu menino. 😘” – Caitriona Balfe

Eu nem estou surpresa. Você é I’m not even remotely surprised. You are quite literally one of the best there is. Ever. Congratulations ❤️” – Lauren Lyle
Obrigada querida… 😘😘😘” – Caitriona Balfe

Parabéns, Caitriona Balfe. Merecido. #esteéoano” – Matthew B. Roberts
Obrigada, VOCÊ, Matt. 😘😘😘” – Caitriona Balfe

Parabéns, Cait, por sua indicação ao Globo de Ouro!!!!! xxjgsJon Gary Steele
Obrigada, VOCÊ, querido… É um trabalho em equipe! 😘😘😘😘” – Caitriona Balfe

“Te amo.” – Suzanne Smith
Obrigada, Suzanne Smith… Serei eternamente grata a você por me dar este papel como um presente incrível.” – Caitriona Balfe

É tão emocionante acordar com a notícia de que Caitriona Balfe recebeu uma indicação ao Globo de Ouro esta manhã.Maril Davis

Yayyy, Caitriona Balfe!!!!!! Tão merecido… como sempre!!!! Parabéns! 👏👏👏👏👏👏🎉🎉🎉🎉🎉🎉🎉🎉🥂🥂🥂🥂🥂🥂” – Sophie Skelton

Parabéns, Caitriona Balfe. Mais uma vez, tão merecido! Sua coisa inteligente… 😘” Laura Donnelly

Enorme parabés para a nossa incrível patrona Caitriona Balfe por sua tão merecida indicação ao Globo de Ouro.👏🧡” – World Child Cancer

“Muito bem, Caitríona.” Deidre Balfe

Tão orgulhosa da minha irmã Caitriona Balfe por ter sido indicada ao Globo de Ouro. Você é demais!!! #mulherincrível #irmãorgulhosa #GoldenGlobes2019” – Anne-Marie Balfe

Suas amigas da época em que ela era modelo também deixaram mensagens parabenizando a atriz, bem como sua maquiadora na série.

A cerimônia de premiação da 76ª edição do Globo de Ouro será em 6 de janeiro de 2019, em Beverly Hills.

Caitriona Balfe já ganhou dois People’s Choice Awards pelo seu papel de Claire Fraser, dois Prêmios Saturno e um IFTA (Irish Film and Television Award).

Confira a sinopse, a promo e as fotos do sexto episódio da quarta temporada de Outlander que será exibido em 09 de dezembro pela Starz (EUA) e 10 de dezembro pela Fox Premium 1 (Brasil, às 00h de Brasília).

Blood of My Blood” – Jamie e Claire são surpreendidos quando Lord John Grey aparece no Fraser’s Ridge com um acompanhante de viagem inesperado; quando Grey fica doente, Claire deve reconciliar seus sentimentos pessoais com seus deveres como médica.

Outlander estrela Caitriona Balfe como Claire Fraser, Sam Heughan como Jamie Fraser, Sophie Skelton como Brianna Randall Fraser, Richard Rankin como Roger Wakefield, John Bell como Ian Murray, César Domboy como Fergus e Lauren Lyle como Marsali.

Participação especial de David Berry como Lord John Grey e Oliver Finnegan como Lord William Ransom.

Baseada nos livros de Diana Gabaldon, o episódio foi escrito por  Shaina Fewell e dirigido por Denise Di Novi.

Inicio » Séries de TV e Webséries | TV Shows & Webseries » 2014- | Outlander » Quarta Temporada | Season 4 » 4.06 “Blood of My Blood” [Fotos Promocionais]

No último episódio de Outlander, Jamie Fraser (Sam Heughan) finalmente ganhou o seu título de Matador de Urso (Bear Killer), um dos momentos mais épicos do livro Tambores do Outono. No entanto, a cena precisou ser adequada para ser replicada na telinha, tanto por questões técnicas quanto pela segurança do ator.

Caitriona Balfe e Sam Heughan comentaram as mudanças feitas na história, em entrevista ao The Hollywood Reporter.

É uma grande mudança do livro. Claro, todos estavam esperando…” Sam Heughan disse com uma risada.

Caitriona Balfe completa, com uma grande gargalhada, “Um urso de verdade!

Sim, um urso de verdade.” Heughan adiciona após ambos os atores pararem de rir. “Acho que é uma mudança interessante que, na verdade, começa a história com os nativos americanos. É realmente incrível esse respeito ou compreensão entre o Jamie e os Cherokees. Ele recebe um nome, agora ele é o Matador de Urso (Bear Killer) e o relacionamento deles se torna amigável, o que é um grande passo para a frente.

Mas Heughan sabe que essa cena será um choque para os leitores dos livros. “Acho que os fãs ficarão surpresos, na verdade, mas espero que funcione,” ele diz. “Todos eles estavam esperando o… Como era aquele filme com o DiCaprio?

“O Regresso,” Caitriona Balfe diz.

“O Regresso! Acho que isso é provavelmente o que os fãs acharam que seria,” Heughan continua. “Mas foi ótimo! Temos alguns momentos como este nesta temporada em que surpreenderemos os fãs e acho que isso é bom. Caso contrário, eles saberiam o que está por vir, é ótimo ter alguns Easter eggs lá, algumas coisas para surpreender até os mais leais leitores dos livros.

Se recordando de quando eles descobriram que Sam Heughan não teria que gravar com um urso de verdade, Caitriona Balfe ri novamente. “Acho que eles tentaram achar um urso na Escócia, mas não conseguiram,” ela brinca.

Não existem ursos escoceses,” Sam Heughan concorda, antes de continuar seriamente. “Não, quando recebemos o roteiro, isso estava lá desde o começo. Estávamos gravando isso nas profundesas do inverno, estava tão frio. Estava -7 graus e eu estava apenas de camisa, gravando de noite. Foi uma coisa muito difícil, mas eu amei aquele momento Tubarão de não ver o urso, só ouvi-lo. O Jamie e a Claire então morando em uma cabana na floresta, eles estão realmente no meio da mata e é perigoso. Há muitos perigos lá. É um momento importante na história deles.

Embora possa parecer irrelevante para qualquer um que não tenha lido os livros, esse momento marca um grande momento de virada para Jamie e Claire seguindo adiante, enquanto eles constroem uma vida nova no Fraser’s Ridge.

Confira a sinopse, a promo e as fotos do quinto episódio da quarta temporada de Outlander que será exibido em 02 de dezembro pela Starz (EUA) e 03 de dezembro pela Fox Premium 1 (Brasil, às 00h de Brasília).

Savages” – O conhecimento médico de Claire mostra ser valioso para uma família de colonos alemães, mas ela começa a temer pela vida dela, quando a tragédia atinge a casa dos pacientes dela. Jamie e jovem Ian vão para a cidade mais próxima para recrutar colonos para Fraser’s Ridge, mas o progresso deles é prejudicado por um movimento político em desenvolvimento.

Outlander estrela Caitriona Balfe como Claire Fraser, Sam Heughan como Jamie Fraser, Sophie Skelton como Brianna Randall Fraser, Richard Rankin como Roger Wakefield, John Bell como Ian Murray, César Domboy como Fergus e Lauren Lyle como Marsali.

Participação especial de Kyle Rees como John Quincy Myers, Wesley French como Chefe Nawohali, Iona Claire como Fiona Graham e Tantoo Cardinal como Adawehi.

Baseada nos livros de Diana Gabaldon, o episódio foi escrito por Bronwyn Garrity e dirigido por Denise Di Novi.

Inicio » Séries de TV e Webséries | TV Shows & Webseries » 2014- | Outlander » Quarta Temporada | Season 4 » 4.05 “Savages” [Fotos Promocionais]